Título: Invasão;
Série: A Noite em que as Estrelas Caíram, vol. 1;
Autor(a): Vanessa Bosso;
Editora: (Publicação Independente);
Número de Páginas: 260;
Ano de Lançamento: 2013.
Livro no Skoob


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

A Terra está prestes a ser invadida pelos Reptilianos, uma raça hostil e incontrolável. A missão de Alena é simples: eliminar a ameaça da face do planeta.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Minha Opinião: 

Honestamente? Nunca pensei que uma história que envolvesse tanta ação e uma temática carregada em alienígenas e muita tecnologia pudesse, um dia, me prender tanto como aconteceu com o livro de Vanessa Bosso. Foi uma compra despretensiosa na Amazon.com, que na verdade foi gratuita porque era uma promoção especial do dia, e eu não tinha maiores - ou nenhuma - expectativa real para essa história. Mas, no fim das contas, eu acabei sendo surpreendida, positivamente, por mais esta obra que ganhou lugar de honra entre as minhas leituras de 2014.

Invasão, primeiro livro da série A Noite em que as Estrelas Caíram, se passa num futuro (não muito?) distante onde a humanidade já está abalada por diversas e constantes ameaças cotidianas, sendo a principal delas, bem como a única desconhecida à eles, uma estranha raça alienígena que planeja dominar e aniquilar o planeta. Enquanto isso, Alena é uma das geniosas e habilidosas agentes e atiradoras de uma organização ultrassecreta denominada como BAH - Bureau of Aliens Hunters, cujo principal objetivo é garantir reforços entre as várias unidades espalhadas secretamente ao redor do mundo, e então combater os hostis inimigos que se aproximam. Porém, ao longo de sua rotina completamente fora de controle e dotada de muita ação, Alena se vê descobrindo pequenos segredos encobertos pela agência e questionamentos começam a rondar sua mente. Ela está mesmo cumprindo o papel correto na guerra iminente ou há algo mais escondido nas entrelinhas de sua missão?

Seguindo esse enredo, com uma narrativa fluida e sagaz, Vanessa Bosso nos brinda com uma história um tanto quanto inovadora, dotada de ação e muita adrenalina, onde qualquer momento de calmaria é mais efêmero do que parece. Novas invasões e missões são anunciadas a todo minuto, e os agentes da Célula 1, da qual Alena faz parte, são alguns dos grandes grupos encarregados de manter a ordem e exterminar os invasores, sem, no entanto, serem notados pelas autoridades comuns da polícia. Assim sendo, todo cuidado é pouco e as escutas estão sempre ligadas para garantir a maior sincronia entre os agentes. Cada minuto, bem como também cada mínimo segundo, é mais do que precioso.

“Num rompante desenfreado, tomo sua boca de assalto. Ao contrário do que imaginei, Tom não se afasta. Seus dedos se fecham firmes em meus cabelos, como se esses realmente fossem os últimos segundos de nossas vidas. É bem provável que sejam.” 

E, não bastasse o enredo e sua desenvoltura poderosa e firme, ainda somos apresentados a personagens ora complexos, ora misteriosos. A ação corre por suas veias tanto quanto o ódio natural aos hostis Reptilianos, e é preciso paciência e cautela para conhecê-los a fundo. Alena por si só já é um mistério que nem ela mesma compreende, dona de uma determinação e habilidade muito reconhecidas entre seus colegas, e é o orgulho de seu pai. Mas ela começa a decair quando algumas coisas acontecem e mais outras começam a entrar em questionamento. O certo e o errado se confundem, e ela precisa de respostas para suas indagações. E é quando conhecemos personagens como Thomas, Dave, Marjorie e seu pai. Thomas, principalmente, possuidor de sentimentos pela moça de 21 anos, é o comandante de sua célula e um grande amigo. Entre horas de batalha e conversas disformes e misteriosas entre as paredes de todo o complexo da BAH, seu vínculo cresce, e um será importante nas atitudes um do outro. Os demais, cumprem seus apoios das formas mais variadas, direta ou indiretamente, até o último segundo, e a história, aos poucos, vai ficando mais clara do que nunca.

No fim das contas, Invasão é uma leitura de mão cheia para os admiradores da boa ficção científica, cenas de ação e alienígenas. Vanessa Bosso não poupa a adrenalina e deixa o leitor de queixo caído, sofrendo junto com o crescimento do enredo e no decorrer dos acontecimentos. De antemão, inclusive, já deixo-lhes sobre aviso da ousadia da autora, também. Não importa o personagem, não importa a situação, não importa o motivo, apenas se preparem para tudo o que a leitura de Invasão aguarda. Essa foi, sem dúvidas, uma leitura audaciosa e ágil que me prendeu do início ao fim, e com o final impactante que tivera, só posso dizer que espero ansiosamente pela leitura dos demais, Aliança e Insurreição, que, aliás, já estão na Amazon. Espero fazer sua leitura em breve e continuar a acompanhar a jornada de Alena.

Sigam-me no Skoob e acompanhem minhas leituras - Sâmella Raissa
e/ou
Sigam meu twitter e fiquem por dentro das novidades do blog - @samellabridges

Deixe um comentário

Obrigada por ler o post!
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
ATENÇÃO:
- Não use vocabulário impróprio;
- Não aceito Tags e Selinhos;
- Não aceito comentários que não tem nada a ver com o post.
* Comentários assim serão devidamente excluídos e eu não retribuirei visita.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Deixe o link do seu blog no final do comment para que eu possa retribuir a visita. :)

Bjos...