Título: Instituto Dul'Maojin;
Série: Almakia #3;
Autor(a): Lhaisa Andria;
Editora: Selo Lumus (MODO Editora);
Número de Páginas: 300;
Ano de Lançamento: 2016.
Livro no Skoob
Veja também: A Vilashi e os Dragões [Almakia #1]
                      Além dos Segredos [Almakia #2]


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

A nova missão que se estende para Garo-lin e os Dragões agora tem duas direções: eles precisam encontrar os verdadeiros Dragões – para Kanadi enfrentar o seu oposto – ao mesmo tempo em que precisam entrar no coração de Almakia e convencer os almakins sobre um perigo eminente. As descobertas continuam através dos mistérios que as edificações do Instituto Dul’Maojin escondem. Ainda, algo se movimenta Além-Mar, e aos poucos traz para o Domínio verdades que deveriam ser esquecidas. Um pensamento antigo precisa ser retomado e renovado, para que o futuro de Almakia possa existir.

E o mês não para com os lançamentos, e dessa vez voltamos com as novidades literárias da Editora Intrínseca para o começo de 2017! Desde antologia à sequências muito aguardadas de séries, temos de tudo um pouco e vocês veem alguns deles à seguir!

Aconteceu Naquele Verão
Doze histórias de amor
org. de Stephanie Perkins
384 páginas

Bem-vindos à estação mais ensolarada e apaixonante de todas! No verão, somos todos iguais, diz um dos personagens do conto “Mil maneiras de tudo isso dar errado”. No Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer lugar do globo, uma coisa é certa: no verão, nossos corações ficam mais leves, mais corajosos, impetuosos e confiantes — talvez por isso esta seja a estação perfeita para se apaixonar... e Aconteceu naquele verão é o livro ideal para quem adora histórias de amor.
Mas essa coletânea tem algo ainda mais especial. Algumas histórias têm uma pitada de estranheza, de mistério, um toque sobrenatural. Em “Cabeça, escamas, língua, calda”, a lagoa de uma cidadezinha é morada de um monstro marinho que só uma menina vê. No intrigante “Inércia”, dois grandes amigos há muito afastados vão se encontrar num quarto de hospital para uma última visita. No belo “O mapa das pequenas coisas perfeitas” é sempre dia 4 de agosto. Presos num loop temporal, dois jovens vão comprovar do que a força do amor é capaz.
A lição é simples: o amor não escolhe lugar nem hora para surgir. Coloque seus óculos escuros e abra sua cadeira de praia, porque neste verão você terá doze motivos para suspirar e se apaixonar.

Quem acompanhou o blog em 2016 sabe que foi um ano complicado para mim, o que acabou afetando um pouco as minhas leituras e me fazendo perder um total de quatro meses sem ler praticamente nada, o que reduziu bastante as minhas leituras totais do ano. Ainda que, no fim das contas, eu tenha fechado o ano com muitas leituras de saldo positivo e tenha colocado como meta em 2017, novamente, prezar mais a qualidade do que a quantidade, senti vontade esse ano de encarar um desafio literário, mas como não sou de leituras temáticas e muito específicas, resolvi fazer uma lista com 12 livros que quero ler sem falta esse ano. De repente não todos os 12, caso não dê mesmo para concluí-la totalmente, mas ao menos a maioria que, por sinal, são leituras que, em geral, as probabilidades de serem satisfatórias são altas e que inclusive jazem na minha pilha de leitura já há um bom tempo até, então está mais do que na hora de desencalhá-las! Com vocês, meus 12 livros para 2017!

E 2017 já chegou com novidades, yes! Primeira parceria firmada no ano, com uma das minhas escritoras favoritas dos últimos tempos, cujas histórias me ganham sem precisar de esforços! Uma salva de palmas para ela, Clara Savelli!

“Carioca da clara. Vive no seu próprio céu de diamantes. Gosta de pensar que é padawan da Meg Cabot, ainda que prefira o lado negro da força. Fez duas faculdades ao mesmo tempo, mas não tem um vira-tempo. Enquanto espera o convite de Zordon para fazer parte dos Power Rangers, passa o tempo livre escrevendo livros.”
Clara Savelli é carioca, nascida em Outubro de 1991 e uma mulher de mil e uma utilidades: escritora, bacharel em Relações Internacionais e advogada.
Vencedora do Prêmio NRA 2009 nas Categorias "Melhor Livro Não-Concluído", "Melhor Autora" e "Melhor Entrevista". Vencedora do Prêmio Paulo Britto de Literatura 2011 na Categoria Prosa. Menção Honrosa no Concurso Internacional de Contos Vicente Cardoso 2012. Vencedora do Wattys 2015 e do Wattys 2016.
Autora de Mocassins e All Stars, Acampamento de Inverno para músicos (nem tão) Talentosos, Tiete!, Chinelo e Salto Alto e diversos contos. Colunista semanal do blog Psicose da Nina, da Woo Magazine e redatora da Revista Publiquei!

E voltamos com a coluna de resumo mensal! Não sei se vocês repararam, mas não tivemos o resumo de Novembro no ano passado, simplesmente porque não havia posts ou leituras sobre os quais falar, eu tinha estado ausente do blog naquele mês, afinal. Felizmente, retornamos com a coluna agora e trago alguns filmes e várias leituras para comentar com vocês! Bora conferir?


Até que eu assisti bastante em Dezembro, por assim dizer, e tudo via Netflix, rs. Começando com Viagem 2: A Ilha Misteriosa, sequência do meu queridinho Viagem ao Centro da Terra. Foi uma sequência ok, que eu sinceramente esperava um pouco mais, as coisas se desenrolaram um pouco rápido demais ao meu ver, mas foi um filme divertido, ainda que não tanto quanto o primeiro, de 2008. Em seguida, Oddball foi a escolha da minha mãe para vermos em família e, puxa, que filme mais fofo! Não é tudo isso, mas o Oddball é uma gracinha de cachorro e os pinguins são um amorzinho! O enredo em si também é bem legal, toda a questão da proteção do santuário dos pinguins, e mais legal ainda saber que é baseado numa história real.

Título: Quando o Amor bater à Sua Porta;
Autor(a): Samanta Holtz;
Editora: Arqueiro;
Número de Páginas: 304;
Ano de Lançamento: 2016.
Livro no Skoob


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.
Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.
Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.
O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.
Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.
A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.